quinta-feira, 8 de novembro de 2012

O trabalho infantil.


A pobreza é considerada a principal condição para a existência do trabalho infantil.
No Brasil, mesmo com os significativos avanços sociais, decorrentes do aumento da renda, do acesso ao mercado formal de trabalho e da estabilidade econômica, a redução dessa exploração foi praticamente insignificante
.

As crianças, devido à sua fragilidade, estão mais sujeitas a inúmeros acidentes e doenças de trabalho do que os adultos, em igualdade de circunstâncias. E também, porque não têm ainda a maturidade suficiente para perceberem os perigos possíveis que envolvem o exercício da sua atividade ou existem no próprio local de trabalho. 
Inquéritos recentes a nível nacional revelam que uma elevada proporção de crianças sofreu acidentes ou adoeceu no trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário